TERÇA-FEIRA, 24 DE NOVEMBRO DE 2020
Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020

DATA: 24/10/2020 | FONTE: MidiaMax
Disputa pela prefeitura vira caso de polícia em Ivinhema Marido de candidata a vice é acusado ter vendido hospital há 20 anos
Caso foi parar na delegacia da cidade.(Foto: Divulgação)

A briga pela cadeira de prefeito em Ivinhema, além de embates jurídicos em torno das propagandas no horário eleitoral, virou caso de polícia depois que o marido da candidata a vice de uma das coligações registrou boletim de ocorrência.

Acusado pela coligação encabeçada por Rogério Câmara, do MDB (Movimento Democrático Brasileiro), de ter vendido o hospital há 20 anos, José Antônio Pereira Cardoso disse estar sendo vítima de calúnia.

Segundo ele, a propaganda eleitoral foi veiculada em horário eleitoral nas rádios da cidade há cinco dias. O caso foi registrado na delegacia de polícia de Ivinhema pelo ex-prefeito, que é marido da candidata a vice-prefeita na chapa de Juliano Ferro (DEM).




27/10/2020 Três moradores de Icaraíma são presos pelo DOF com 630 kg de maconha
27/10/2020 Após acidente, PM de Naviraí prende homem por dirigir sob efeito de álcool e resistência
27/10/2020 Portal Residence: PM prende homem por violência doméstica, maus tratos a animais e resistência
27/10/2020 Abordado com arsenal, homem reage e é morto a tiros pelo DOF
Untitled Document

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player