SEXTA-FEIRA, 16 DE NOVEMBRO DE 2018
DATA: 08/11/2018 | FONTE: campograndenews Estado garante R$ 169 milhões para saúde, segurança e educação Recursos foram garantidos por meio de emendas impositivas ao orçamento de 2019, segundo o governador Reinaldo Azambuja
Reinaldo afirma que recursos ajudarão na compra de equipamentos para hospitais, aparelhamento do DOF e no transporte escolar, entre outros setores. (Foto: Segov/Divulgação)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) confirmou nesta quarta-feira (7), durante visita a Brasília, a destinação de R$ 169 milhões em investimentos federais para a segurança pública, saúde e educação no ano que vem. Os recursos serão reservados em emendas impositivas apresentadas pela bancada federal no Congresso ao Orçamento da União de 2019. Segundo o chefe do Executivo estadual, os valores são importantes para melhorar os serviços à população.

“São emendas de bancada impositivas. Temos seis emendas, são cerca de R$ 170 milhões garantidos que vão ser empenhados, liberados e, desta maneira, atendidas as demandas do Estado na área de saúde, com a compra de equipamentos para hospitais; na segurança pública, equipando-se melhor as polícias, principalmente o DOF (Departamento de Operações de Fronteira)”, destacou o governador.

“Na área da educação poderemos atender o transporte escolar, melhorar a condições do transporte escolar com os municípios. Pelo menos sabemos que em 2019 teremos seis emendas que serão integralmente liberadas”, prosseguiu.

Bolsonaro – Reinaldo também confirmou que, na próxima quarta-feira (14), o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) se reunirá com os governadores para discutir temas nacionais. Paulo Guedes, futuro ministro da Economia, e o ministro extraordinário Onyx Lorenzoni, já confirmado para a Casa Civil de Bolsonaro, também participarão do encontro.

O chamado para a reunião foi apresentado por Lorenzoni a Reinaldo. Na ocasião, espera-se ser possível discutir também temas regionais. O governador de Mato Grosso do Sul pretende levar ao futuro presidente suas preocupações com a região de fronteira e com a segurança pública.

“Vou falar sobre a fronteira, o presidente está preocupado e nós também. Essa é a pauta número um que vou levar ao presidente (Bolsonaro). Também vou falar sobre as rotas Transoceânica e a Bioceânica; a revitalização da Malha Oeste. Mas o ponto mais sensível é a segurança de fronteira, precisamos saber qual a medida que o presidente vai tomar nas fronteiras do Estado com a Bolívia e o Paraguai”, disse Reinaldo. Segundo ele, o encontro com os governadores visa a discutir “uma pauta federativa”.



16/11/2018 Bolsonaro reitera que decisão sobre médicos cubanos é humanitária
16/11/2018 Deputados têm mais uma semana para apresentar emendas ao Orçamento
15/11/2018 Prestações de contas eleitorais devem ser apresentadas até este sábado
14/11/2018 Cuba decide deixar programa Mais Médicos no Brasil e cita declarações de Bolsonaro
Untitled Document

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player