TERÇA-FEIRA, 07 DE JULHO DE 2020
Terça-Feira, 07 de Julho de 2020

DATA: 03/05/2017 | FONTE: MidiaNews
Por ciúmes, homem mata o amigo e atira seis vezes contra a esposa Vítima teria mandado mensagem por engano a esposa do acusado, que teria ficado enfurecido
Pedro Franco de Souza foi encontrado caído na frente de casa pelos policiais

Um homem identificado como Mikael Gonçalves Loiola foi preso nesta terça-feira (2), acusado de matar o amigo Pedro Franco de Souza e tentar assassinar a própria esposa, Patrícia Maria Barbosa, em Tangará da Serra (239 km a Noroeste de Cuiabá).

Segundo a Polícia Civil, o suspeito teria cometido o crime por ciúmes da mulher com Pedro.

A esposa levou seis tiros e foi encaminhada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para uma unidade hospitalar da cidade, onde segue internada em estado grave.

A primeira versão passada pela Polícia era de que o agressor seria ex-marido. No entanto, segundo informações passadas por familiares de Patrícia, os tiros foram disparados pelo esposo dela. O casal é residente no Bairro Jardim São Luiz.

Familiares de Patrícia explicaram que na noite de terça, por engano, o homem que foi assassinado, Pedro, mandou uma mensagem para o celular dela. "Eles eram todos amigos e conviviam seguidamente", conta um dos familiares. De acordo com esta fonte, logo em seguida, Pedro teria enviado outra mensagem pedindo desculpas pelo engano. Mas o marido de Patrícia, Mikael, ficou enciumado.

"Ontem de manhã ela estava fazendo almoço e ele chegou cobrando explicações. Como ela não devia nada, foi com ele, no carro dele, até a casa do Pedro, para que conversassem. E lá eles discutiram e tudo aconteceu", conta a integrante da família.

A equipe da Polícia Judiciária Civil também esteve no local para dar início às investigações. Seguindo o policial Jaison Conceição Costa, o fato pode ser classificado como crime passional. Segundo o investigador, os envolvidos são provenientes da região Nordeste e exercem comércio juntos.

“Houve este desentendimento e culminou com a morte. Os tiros começaram na área da residência. Ele fez vários disparos. A vítima fatal recebeu vários tiros na cabeça, braços e região do tórax. Era uma arma 380, que tem uma boa capacidade de disparos, e culminou nesta tragédia”, afirmou o policial.

No início da tarde de terça, Mikael foi preso no município de Jangada. A princípio seria transferido para Tangará da Serra, mas esta informação não foi confirmada até agora.

Patrícia aguarda finalização de diagnóstico médico. Segundo a família, um dos disparos atingiu um rim e uma bala ainda está alojada em seu tórax. Ela poderá precisar de cirurgia.



15/06/2017 Cartão-postal de Natal vira 'cemitério' em memória a mais de 1.000 homicídios registrados este ano
08/05/2017 Jovem corre em rua da Capital para fugir de tiros e morre em quintal
07/05/2017 Homem é alvejado com sete tiros e morre após deixar bar em Dourados
06/05/2017 Homem é encontrado morto com tiros no pescoço e no rosto em quitinete
Untitled Document

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player