TERÇA-FEIRA, 24 DE NOVEMBRO DE 2020
Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020

DATA: 27/10/2020 | FONTE: Correio do Estado
SES divulga nota com recomendações de prevenção à Covid-19 durante feriado de finados Recomendações vão tanto para as famílias que farão visitas, quanto para os gestores dos cemitérios
Foto: Reprodução

Visando a segurança da população no feriado, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgou uma nota técnica que é medidas de biossegurança para o funcionamento dos cemitérios, na celebração do Dia de Finados, que acontece no próximo dia 2 de novembro.

Além das medidas de biossegurança habitual, como uso de máscaras e distanciamento social, a SES pede aos familiares que visitem seus entes queridos durante o final de semana que antecede o feriado, para evitar aglomerações.

Ressaltando que ficou estabelecido o limite de 50% de ocupação da capacidade do cemitério.

A nota também recomenda a criação de mecanismos para o controle de acesso e saída do público, de forma que não haja aglomerações na visitação. Se possível, designar um funcionário, para as orientações de fluxo, durante os horários mais intensos de visita.

Em relação à comercialização de produtos no entorno do cemitério, ela pode ocorrer, mas respeitando todas as normas de posturas locais e regras de biossegurança.

Cemitérios

Os cemitérios devem realizar o controle de fluxo de pessoas nas entradas dos locais, podendo ser barreira física na entrada, ou outra forma para o controle de fluxo de pessoas.

O distanciamento social será de 1,5 metro entre os requisitos, respeitando as demarcações no piso para delimitação do espaço físico, principalmente quando houver formação de filas.

Pontos contendo álcool em gel devem ser localizados nos locais, tanto na entrada quanto em pontos estratégicos. 

A higienização dos locais de uso comum deve ser intensificada, e a desinfecção deve ser feita com produtos como o hipoclorito de sódio, álcool líquido a 70%, ou outro produto desinfetante à base de cloro.

Se houver equipamento de uso coletivo, como bebedouros, a recomendação é de que se mantenha suporte com papel toalha próximo, para que seja evitado contato direto com a superfície. 

Após o uso, o papel deve ser descartado nas lixeiras que devem ter acionamento sem contato manual, e proceder à higienização das mãos.

Os sanitários também precisam de higienização redobrada, os funcionários devem usar luvas de borracha, avental impermeável, calças compridas, máscara e sapato fechado, com a realização da limpeza e desinfecção das luvas utilizadas, reforçando o correto uso das mesmas, não tocando maçanetas, corrimão , entre outros. 

Cartazes orientando que uma descarga seja acionada com a tampa do vaso fechada, também devem ser colados no local.

Recomenda-se manter os ambientes bem ventilados com janelas e portas abertas, evitando o toque nas maçanetas e fechaduras.

Ao usuário

Fica estritamente proibido o compartilhamento de objetos e utensílios de uso pessoal e o consumo de bebidas e alimentos no interior do cemitério. 

Deve-se evitar o contato físico com outras pessoas, mantendo a distância mínima de 1,5 metro entre os específicos. A higienização das mãos deve ser realizada com frequência.

O uso de máscara se torna obrigatório durante o período de permanência no local, preferencialmente de tecido da dupla camada ou TNT, confeccionadas conforme a nota técnica nº 3/2020-CGCAP / DESF / SAPS / MS.

Recomenda-se que pessoas do grupo de risco ou que apresentem sintomas como febre, tosse, ou qualquer outro sintoma gripal, evitem a ida aos cemitérios e celebrações religiosas.

Sobre à COVID-19

As também são para que os locais façam a distribuição de avisos contendo informações sobre a Covid-19 e das medidas de prevenção, através de cartazes ou painéis explicativos, distribuídas em pontos estratégicos.

E que os colaboradores e os visitantes sejam orientados a etiquetas adotar e higiene respiratória: cobrir completamente a boca e o nariz com um lenço de papel ou usar o antebraço para cobrir a boca ou espirro; evitar o contato físico com superfície em locais públicos; evitar tocar a boca e nariz com as mãos, esfregar os olhos, etc.



02/06/2020 Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS
02/04/2020 Dengue: MS registra 21 óbitos e mais de 40 mil casos em três meses
27/03/2020 Servidor público de Itaquiraí morre vítima de dengue hemorrágica
11/03/2020 Organização Mundial da Saúde declara pandemia de coronavírus
Untitled Document

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player